Pesquisadores

O INNT é composto por 23 pesquisadores ligados a instituições de São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Niterói, Belo Horizonte, São João del Rei, Curitiba, Porto Alegre e Salvador. Saiba mais sobre os integrantes.

Quem somos

Antonio Carlos Almeida

São João del Rei (MG) | Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ)

Responsável pela linha de pesquisa “Aspectos translacionais dos mecanismos não-sinápticos nas epilepsias”, Almeida é doutor
em Engenharia Biomédica pela UFRJ e tem pós-doutorado pela Johns Hopkins University, nos Estados Unidos.

ver currículo completo

Claudio da Cunha

Curitiba (PR) | Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Responsável pela linha de pesquisa “Transtornos dos núcleos da base”, Cunha é mestre pela Universidade de Brasília e doutor em Bioquímica pela UFPR, onde é professor titular.

ver currículo completo

Esper Cavalheiro

São Paulo (SP) | Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)

Responsável pela linha de pesquisa “Mecanismos subjacentes à epileptogênese e antiepileptogênese”, Cavalheiro construiu sua
carreira da Unifesp, tornando-se doutor em Biologia Molecular. Além de ser professor titular, foi coordenador do Programa de PósGraduação em Neurologia e Neurociência da instituição.

ver currículo completo

Fernanda de Felice

Rio de Janeiro (RJ) | Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Responsável pela pesquisa linha de pesquisa “Inibição da sinalização cerebral por insulina na doença de Alzheimer”, Felice
doutora em Química Biológica pela UFRJ e pós-doutora em Neurobiologia da Doença de Alzheimer pela Northwestern University, nos Estados Unidos.

ver currículo completo

Fernando Cendes

Campinas (SP) | Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Responsável pelo “Estudo multimodal e integrado de alterações em neuroimagem e vias moleculares relacionadas aos distúrbios
de memória em modelos animais de epilepsia do lobo temporal mesial”, Cendes graduou-se em Medicina na Universidade Federal de Goiás e teve passagem por Montreal, no Canadá, onde fez especializações e tornou-se pós-doutor pela McGill University.

ver currículo completo

Fernando Mello

Rio de Janeiro (RJ) | Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Responsável pela linha de pesquisa “Plasticidade no sistema nervoso central e periférico: desenvolvimento e sinalização em
condições saudáveis e em disfunções neurológicas”, Mello construiu sua carreira acadêmica na UFRJ, sendo pós-doutor pela
Northwestern University e pelo National Institutes of Health, ambos nos Estados Unidos.

ver currículo completo

Flavia Alcantara Gomes

Rio de Janeiro (RJ) | Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Responsável pela linha de pesquisa “Papel dos astrócitos no funcionamento e déficit sinápticos”, Gomes é professora titular da
UFRJ, por onde é mestre e doutora. A cientista também integra o Conselho da International Society for Neurochemistry.

ver currículo completo

Flavia Lima

Rio de Janeiro (RJ) | Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Responsável pela linha de pesquisa “Células da microglia: o papel de fatores microgliais durante o desenvolvimento e na
progressão tumoral”, Lima concluiu doutorado sanduíche pela UFRJ, pelo Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho e pelo
Institut National de la Santé et de la Recherche Médicale, em Paris. Atualmente, é diretora do Laboratório de Biologia das Células Gliais, na UFRJ.

ver currículo completo

Graça Naffah-Mazzacoratti

São Paulo (SP) | Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)

Responsável pela linha de pesquisa “Excitotoxicidade e sinalização celular”, Mazzacoratti construiu sua carreira acadêmica na
Unifesp, tornando-se pós-doutora em Neurociência.

ver currículo completo

Ivan Izquierdo

Porto Alegre (RS) | Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS)

Responsável pela linha de pesquisa “Mecanismos celulares e moleculares da memória”, Izquierdo é doutor em Medicina pela
Universidad de Buenos Aires. Atualmente é professor titular de Medicina na PUC-RS, onde coordena o Centro de Memória e de
Altos Estudos do Instituto do Cérebro.

ver currículo completo

Jorge Moll

Rio de Janeiro (RJ) | Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (Idor)

Responsável pela linha de pesquisa “Bases Neurais das motivações sociais e valores humanos através de ressonância
magnética de alta resolução”, Moll passou pela UFRJ e pela USP antes de se tornar pós-doutor pelo National Institute of
Neurological Disorders and Stroke, nos EUA. É presidente do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino, no Rio de Janeiro.

ver currículo completo

José Donato

São Paulo (SP) | Universidade de São Paulo (USP)

Responsável pela linha de pesquisa “Regulação central do balanço energético e da homeostase glicêmica”, Donato é doutor pela
USP e pós-doutor pelo UT Southwestern Medical Center, nos Estados Unidos.

ver currículo completo

José Garcia Abreu

Rio de Janeiro (RJ) | Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Responsável pela linha de pesquisa “Bases genéticas e moleculares das malformações do neuro-eixo embriônico-fetal”, Abreu é
doutor em Biofísica pela UFRJ. Nos Estados Unidos, concluiu programas de pós-doutorado em instituições como University of
California Los Angeles e Harvard Medical School.

ver currículo completo

Karin Calaza

Niterói (RJ) | Universidade Federal Fluminense (UFF)

Responsável pela linha de pesquisa “Papel de neuromediadores na retina normal e doente”, Calaza é doutora em Biofísica pela
UFRJ com passagem pela Cornell University, nos Estados Unidos. No Reino Unido, concluiu pós-doutorado na University College
London.

ver currículo completo

Luis Portela

Porto Alegre (RS) | Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Responsável pela linha de pesquisa “Fatores ambientais e resistência cerebral à insulina”, Portela é doutor em Bioquímica pela
UFRGS e pós-doutor pela University of Pensylvannia, nos Estados Unidos.

ver currículo completo

Maria de Fátima Costa

Salvador (BA) | Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Responsável pela linha de pesquisa “Resposta inflamatória do Sistema Nervoso Central a patógenos e prospecção
farmacológica de compostos extraídos de plantas do Estado da Bahia”, Costa é médica pela Escola Baiana de Medicina e Saúde
Pública, com pós-doutorados e especializações em instituições francesas, como a Université de Paris XII e a Université de Paris
Val-de-Marne.

ver currículo completo

Paulo Caramelli

Belo Horizonte (MG) | Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Responsável pela linha de pesquisa “Doença de Alzheimer: do diagnóstico clínico aos biomarcadores”, Caramelli fez sua carreira
na USP com doutorado sanduíche na Université de Montreal, no Canadá. Atualmente, é professor titular da Faculdade de
Medicina da UFMG.

ver currículo completo

Ricardo Augusto de Melo dos Reis

Rio de Janeiro (RJ) | Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Responsável pela linha de pesquisa “Sobrevida de neurônios periféricos e centrais, fatores tróficos gliais e sinalização de neurotransmissores em sistemas cerebrais”, Ricardo Reis graduou-se em Ciências Biológicas pela UnB e completou mestrado e doutorado em Biofísica pela UFRJ. É pós-doutor pela Universidade de Oxford, na Inglaterra, e pela Universidade de Coimbra, em Portugal.

ver currículo completo

Roberto Lent

Rio de Janeiro (RJ) | Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Responsável pela linha de pesquisa “Reconexão de grandes circuitos e alterações de celularidade no sistema nervoso central, do
desenvolvimento ao envelhecimento”, Lent construiu sua carreira acadêmica na UFRJ, tornando-se doutor em Biofísica. É pósdoutor pelo Massachusetts Institute of Technology, nos Estados Unidos.

ver currículo completo

Roberto Paes de Carvalho

Niterói (RJ) | Universidade Federal Fluminense (UFF)

Responsável pela linha de pesquisa “Sinalização por dopamina e adenosina na retina em desenvolvimento: Modulação da
sobrevivência neuronal”, Carvalho construiu sua carreira acadêmica na UFRJ, sendo pós-doutor pela Johns Hopkins University,
nos Estados Unidos. Atualmente é chefe do Laboratório de Neurobiologia Celular do Programa de Neurociências da UFF.

ver currículo completo

Sergio Teixeira Ferreira

Rio de Janeiro (RJ) | Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Responsável pela linha de pesquisa “Bases fisiopatológicas da doença de Alzheimer”, Ferreira é químico pela UFRJ,
onde também tornou-se doutor em Biofísica. Concluiu pós-doutorado na University of Illinois at Urbana-Champaign, nos
Estados Unidos.

ver currículo completo

Stevens Rehen

Rio de Janeiro (RJ) | Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (Idor) e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Responsável pela linha de pesquisa “Mecanismos fisiopatológicos e novos tratamentos para esquizofrenia a partir de
reprogramação celular”, Rehen é doutor em Biofísica pela UFRJ e pós-doutor pela University of California in San Diego e
pelo Scripps Research Institute, ambos nos Estados Unidos.

ver currículo completo

Vivaldo Moura Neto

Rio de Janeiro (RJ) | Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer (IEC) e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Responsável pela linha de pesquisa “Desvendando o papel de células-tronco tumorais em gliomas e estudos da resposta
inflamatória no delírio pós-cirúrgico, reflexos moleculares da injúria e convulsões nos pacientes com tumor cerebral”,
Moura Neto é mestre em Bioquímica pela UFRJ e doutor em Neurobiologia pela francesa Université Pierre et Marie Curie.

ver currículo completo