Notícias

Pesquisadora de microcefalia, Patrícia Garcez recebe o prêmio Jovem Cientista 2017

25/08/2017

Murilo Lobo Braga

A pesquisadora Patrícia Garcez, que estuda a microcefalia

A professora Patrícia Pestana Garcez, do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), ganhou o prêmio Jovem Cientista 2017. O reconhecimento é da Sociedade Internacional de Neuroquímica.

A cientista de 36 anos se dedica ao estudo da microcefalia — grave malformação congênita que causa danos permanentes à formação do cérebro. A patologia foi recentemente associada ao vírus da Zika.

Pesquisas nesta área são essenciais para o entendimento sobre como o córtex cerebral se desenvolve e como o vírus ataca seu crescimento. As descobertas ajudam na busca de um tratamento para a doença.

A Sociedade Internacional de Neuroquímica, que celebra 50 anos de fundação, realiza a cada dois anos o encontro “Young Scientist Lectureship Award”. A última edição, que se encerrou no último dia 23 de agosto, ocorreu no Palácio do Congresso de Paris e contou com uma palestra de Patrícia Garcez.